Dibrax



Buba Germano critica cobrança do PT por espaços na chapa majoritária

Paraíba 15/05/2018 às 16:13


 O deputado estadual Buba Germano rebateu, na tarde desta terça-feira (15), as cobranças do PT por vaga na chapa majoritária do PSB para as eleições 2018 e criticou o debate ideológico em relação aos partidos aliados ao governo que são considerados ‘golpistas’ pelos petistas.

Em entrevista ao programa Rádio Verdade, da Arapuan FM, o socialista disse que o governador Ricardo Coutinho (PSB) já tem demonstrado lealdade a legenda quando defendeu a presidente Dilma do impeachment, se posicionou contra a prisão de Lula e continua defendendo os dois ex-presidentes.

“Ninguém pode cobrar mais lealdade com o PT do que o nosso governador fez. Ele foi leal e correto inclusive quando muitos se esconderam de Dilma o governador mostrou a cara, foi até o fim e continua defendendo”, destacou”, disse.

De acordo com o parlamentar, se o PT se considera forte para as eleições pode optar pela candidatura própria porque assim podem concorrer a muitos mandatos.

“Porque o PT não faz composição com a ala que ele considera de esquerda com o PCdoB, PSOL, PSTU, e junta tudo para fazer uma bancada maior na Assembleia Legislativa. Ou só serve se for da grife do PT. Tem outra saída. Se eles tão fortes assim, saem com candidatura própria porque tem vaga de dois senadores, vice-governador e uma bancada de federal”, ironizou.

Ele disse que não está excluindo o PT da aliança, mas que a sigla não pode impor vaga já que na aliança existem cerca de 16 aliados que também podem compor a chapa majoritária a exemplo do Democratas. Para Buba, a tese de ‘golpistas’ do PT não se sustenta porque em muitos lugares o partido é aliado do MDB, como acontece na cidade de Picuí.

Comentários

    Comentários do Facebook